O PODER DA PALAVRA


A ORIGEM DO PODER

O objetivo dessa matéria é estudarmos sobre a força das palavras, expressas pela língua  as consequencias para a saúde e qualidade de vida das pessoas, através das palavras atraímos para nossas vidas bênçãos ou maldições.

No transcurso desse tema iremos abordar vários pontos, que nos darão entendimento sobre as verdades que queremos expor. Inicialmente, vamos nos ater aos textos bíblicos que falam sobre a criação, nosso propósito não é falar de religião, e sim provar através da Bíblia Sagrada o poder das palavras.

Elencamos a seguir alguns pontos com origem no livro mais vendido no mundo, cujas verdades estabelecem um roteiro de vida para a humanidade.

Quando Deus criou o universo, todo ele foi criado pelo poder da palavra podemos constatar através do Genesis:

Gn 1.3    Disse Deus haja luz e houve luz.

Gn 1.6    Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e         águas.

Gn 1.9    Disse também Deus ajuntem-se as águas do céu num só lugar e apareça à porção seca e assim se fez.

Gn 1.11   E disse produza a terra relva ervas que dêem sementes e árvores frutíferas que dêem frutos segundo a sua espécie...

Gn 1.14   E disse também Deus haja luzeiros no firmamento...

Gn 1.20   Disse também Deus povoem-se as águas...

Gn 1.21   Criou, pois, Deus os grandes animais marinhos segundo as suas espécies e todas as aves segundo as suas espécies.

Gn 1.24   Disse Deus produza a terra animais domésticos, répteis e animais selváticos, segundo a sua espécie.

Gn 1.26   Também disse Deus façamos o homem a nossa imagem conforme a nossa semelhança...

A CONSTATAÇÃO

Vimos pelas passagens acima que, toda criação ocorreu pelo poder da palavra, inclusive o homem, quando Deus disse: façamos o homem a nossa imagem e semelhança, observe que semelhante não quer dizer igual ao criador, mas, por sua vez, podemos constatar pelos versículos a seguir que as palavras proferidas pelo homem também tem poder:

PV –18,21   A morte e a vida estão no poder da língua, o que bem a utiliza come do seu fruto.

PV - 18, 7   A boca do insensato é a sua própria destruição e os seus lábios um laço para a alma.

Tiago 3,4  Observai, igualmente, os navios que sendo tão grandes e batidos de rijos ventos, por um pequeníssimo leme são dirigidos para onde queira o impulso do timoneiro.

Tiago 3,5  Assim, também a língua, pequeno órgão, se gaba de grandes coisas. Vede como uma fagulha põe em brasas tão grande selva!

Tiago 3,6  Ora, a língua é fogo: é um mundo de iniquidades (de pecadosela  está situada entre os membros de nosso corpo e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno.

OS REFLEXOS DAS PALAVRAS EM NOSSA VIDA

Nossas palavras são como um míssil, uma vez lançado parte para atingir o alvo e faz aquilo a que foi destinado, fiquemos atentos. Somos os arquitetos do nosso futuro e os construtores da nossa vida.

Efeitos benéficos: Pela palavra podemos exprimir o amor um sentimento sublime, que abençoa, gera saúde e bem estar em nós e em nossos semelhantes, nos propicia sermos condutores da paz, da alegria levando felicidade aos corações tristes e sofredores, tendo como beneficiário principal nós mesmos.

Efeitos maléficos: A recíproca também é verdadeira se desejarmos o mal ao nosso semelhante, o principal atingido seremos nós mesmos, palavras duras geram rancores, mágoas, tristeza, ódio, iras, contendas, brigas e muitas vezes até mortes, nesse nível fatalmente surgirão inúmeras doenças.

Segundo a psicóloga americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós mesmos, e somos responsáveis em 100% por tudo de ruim que acontece no nosso organismo.

Diz ainda que todas as doenças, originam-se num estado de não perdão, e sempre que estamos doentes necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar, o ato de perdoar dissolve o ressentimento e através do amor somos curados.

Para finalizar é importante observar que, a palavra pode levar maldição à vida das pessoas, acreditamos que só faz feitiçaria quem vai a um terreiro de macumba fazer trabalhos de marração.

Isso de fato ocorre, mas não é verdade muitas vezes somos feiticeiros, até em proporção maior sem nos apercebermos, isto pode ocorrer quando estamos irritados ou nervosos, e pronunciamos palavras negativas  sem nos atermos aos seus efeitos.

Por exemplo, se você diz ao seu filho, você é burro, ê não tem futuro nenhum, é uma lesma, é um ignorante, se fala palavrões, pragueja contra as pessoas, sinto lhe dizer mais você também é feiticeiro(a), e está levando desgraça a vida dele, sem perceber o efeito das palavras, que tanto constrói como destrói e podei muito em seus efeitos.

 

CONCLUSÃO

Prezado amigo e amiga leitora, espero que o teor desse texto tenha contribuído de alguma forma para uma reflexão mais profunda, e que a dosagem não tenha sido muito forte.

A finalidade não é fazer terrorismo e sim alertar para a importância e as consequencias das palavras, que realmente geram bênçãos ou maldições.

No entanto se bem aplicadas contribui para uma vida saudável, longa e feliz. Aproveito o ensejo para sugerir que se gostaram, leiam também a nossa matéria sobre o valor do sorriso, que de certa maneira complementa o assunto aqui abordado.




AS DICAS,TRATAMENTOS E ORIENTAÇÕES CONSTANTES DESTE SITE, EM HIPÓTESE ALGUMA SUBSTITUEM NEM DISPENSAM AS CONSULTAS PERIÓDICAS AO MÉDICO.